Salvatore Ferragamo

Salvatore Ferragamo

O nome de Salvatore Ferragamo está associado à arte e perfeição artesanal quando se trata de calçados femininos. Durante anos foi considerado o designer dos calçados das mais famosas estrelas de Hollywood.

Biografia de Salvatore FerragamoOs pais de Ferragamo eram agricultores em Bonito, uma pequena aldeia italiana. Aos 14 anos, após ter aprendido a arte de sapateiro na vizinha cidade de Nápoles, Ferragamo abriu uma loja na casa dos pais, onde supervisionava seis assistentes que cosiam à mão os sapatos de senhoras napolitanas. Isto acrescentava mais estilo e qualidade aos seus calçados.

A ambição o levou, aos 16 anos, até os Estados Unidos, mais especificamente a Hollywood. Produtores e diretores de cinema, como DeMille e Griffith, incluíram nos seus filmes mudos as botas de cowboy, as sandálias romanas e os mocassins desenhados por Ferragamo. Em sua loja no Hollywood Boulevard, Ferragamo desenhava e confeccionava modelos feitos por medida para atrizes como Greta Garbo, Marlene Dietrich, Glória Swanson.

Ferragamo improvisava e fazia experiências com materiais pouco comuns. Criou sapatos com penas de colibri e cascas de árvores; moldou biqueiras em forma de proa que pareciam bicos de papagaio de camurça; desenhou saltos que imitavam saca-rolhas e, logo após a descoberta do túmulo de Tutancamon no Egito, criou saltos que se assemelhavam a pirâmides invertidas.

Contudo, sua enorme reputação como designer das estrelas não o satisfazia totalmente. Não conseguia perceber a razão por que seus sapatos eram tão agradáveis à vista, mas machucavam os pés. Assim, resolveu estudar anatomia na Universidade da Califórnia. Lá aprendeu que o peso do corpo é exercido sobre o solado do pé. Depois de algumas experiências, aperfeiçoou uma alma de aço que inseriu no enfranque de todos os sapatos. Pela primeira vez na história, os sapatos femininos conseguiam ser, ao mesmo tempo, elegantes e confortáveis.

Em 1927, Ferragamo retornou à Itália e plantou as sementes do que se tornaria uma das maiores dinastias da moda italiana.

Sua invenção mais famosa foi, provavelmente, a sola de cunha de cortiça, que lhe abriu caminho para os inspirados sapatos de plataforma que desenhou durante a Segunda Grande Guerra. Durante os anos 40 e 50, os seus modelos – desde um salto de rede metálica até mules de camurça com salto cunha – encheram as páginas das mais famosas revistas de moda do mundo.

Quando Ferragamo morreu, em 1960, deixou mais de 350 patentes registradas e a reputação de ter sido o homem que revolucionou a moderna indústria de calçados. “Sinto-me muito feliz por ter transformado a humilde arte de sapateiro em uma atividade respeitável”, escreveu ele em sua autobiografia.

Outros mestres do design de calçados:
Roger Vivier
Manolo Blahnik
Vivienne Westwood
Jimmy Choo
André Perugia
Christian Louboutin

Bibliografia:
Linda O’Keeffe. Shoes: A Celebration of Pumps, Sandals, Slippers and More. Nova York: 1996. Workman Publishing.