calÇados de alto alto: cuidado com suas pernas e pÉs

Mais e mais mulheres estão usando saltos altos e por tempo cada vez mais prolongado. Os especialistas estão muito preocupados acerca dos danos a longo prazo que isto pode causar aos pés femininos.

Recentes pesquisas sugerem que até um terço das mulheres sofrem de problemas permanentes decorrentes do uso prolongado de saltos, indo de joanetes a danos irreversíveis causados aos tendões dos pés.

Muitos destes problemas - que podem inclusive ocorrer simultaneamente - são causados Cuidado com os calçados de salto altopelo aumento da pressão que os saltos altos impõem à parte frontal dos pés femininos. Quanto maior a altura do salto, maior a pressão. Com isso, tanto os joelhos como as costas são afetados. Mas, mesmo assim, os sapatos e sandálias de salto alto são muito populares. Contudo, pode haver um preço muito alto a pagar pelo seu uso constante.

Os saltos tipo fino, agulha ou stilettos tornaram-se populares nos anos 30 do século passado, mas eram usados somente em ocasiões especiais. Contudo, atualmente, têm-se tornado um item de uso quase diário para muitas mulheres. Uma em cada dez mulheres usa sapatos ou sandálias de salto alto pelo menos 3 dias por semana. Uma pesquisa realizada em 2005 demonstrou que 34% delas já sofreram acidentes decorrentes de quedas por estarem usando saltos.

Mas há outros danos à saúde. Os saltos altos fazem com que as mulheres levantem os Salto alto problemas colunacalcanhares o que desloca o centro de gravidade do corpo para frente. Para compensar este deslocamento para frente, as costas se curvam o que altera a posição ideal da espinha dorsal, pressionando os nervos das costas. Isto, além de causar dor no nervo ciático, proporciona outro problema: o tendão de Aquiles pode ser permanentemente danificado. Normalmente o tendão de Aquiles é flexível. Esta flexibilidade é que nos proporciona dobrar os pés para frente (em ponta) e para trás. Contudo, o uso exagerado que muitas mulheres fazem de sapatos e sandálias de salto alto faz com que o tendão permaneça encurtado já que os saltos obrigam os pés ficar em ponta. Isto retesa o tendão para cima. Quando você calçar sapatos baixos, provavelmente sentirá dor na parte posterior dos calcanhares.

Muitas mulheres podem evitar este problema passando a usar saltos com menos de 4 Danos causados pelo uso de salto altocm de altura. Saltos com altura superiores a 8 cm podem encurtar o tendão de Aquiles. Por isso os médicos aconselham o uso de saltos altos apenas 2 a 3 vezes na semana. Outra queixa comum é o desenvolvimento de joanetes: crescimento ósseo na base do dedão do pé causado por sapatos mal ajustados ou muito apertados.

Atualmente, os riscos para as adolescentes são ainda maiores, pois elas estão começando a usar saltos altos cada vez mais cedo, mesmo antes de seus corpos estarem completamente formados. Quando adultas, provavelmente terão grande risco de sofrerem de problemas nos quadris e dores nas costas em razão das pressões exercidas nas suas espinhas durante a juventude.

Para minimizar os riscos causados à saúde devido ao uso constante de saltos altos:

  • escolha sempre saltos ligeiramente mais grossos. Estes saltos irão distribuir melhor a carga de seu corpo.
  • passe a usar palmilhas para reduzir o impacto sobre os joelhos.
  • assegure-se de escolher modelos mais confortáveis que se ajustem bem aos seus pés.
  • use os saltos em casa pelo menos 30 minutos antes de sair. Isto dará aos seus pés uma chance de se acostumarem com eles antes de você sair para o trabalho, festa ou balada.

Mas não temos apenas péssimas notícias. Uma pesquisa realizada na Itália em 2004 sugere que mulheres que usam saltos com até 5 cm de altura podem ter uma melhor vida sexual. Qual a razão? Segundo os pesquisadores, a esta altura os pés ficam levantados em um ângulo que corresponde a 15º o que aumenta a atividade elétrica nos músculos pélvicos. Estes músculos desempenham um papel importante tanto no desempenho como na satisfação sexual. Ainda bem, pois adoramos nossos saltos altíssimos.

 

 

 


Valid CSS!