Como manter pernas saudáveis mesmo usando salto alto

Como manter pernas saudáveis mesmo usando salto alto?

Muitos profissionais da área de saúde se apavoram com a idéia de mulheres usando, diariamente, sandálias ou sapatos de salto alto com mais de 10 cm de altura. Muitos aconselham que saltos desta altura sejam evitados, sempre que possível.

Mas os saltos altos têm feito parte do mundo da moda há décadas e a tendência atual é mantê-los nas alturas e em vários estilos. Poucas mulheres podem abdicar dos saltos altos, sejam stilettos, sejam plataformas. Então, há um modo de manter as pernas saudáveis enquanto se usa saltos altos?

Entendendo os riscos causados pelo uso constante de saltos altos

Os saltos muito altos fazem com que todo o peso do corpo se concentre na parte da frente dos pés, fazendo com que a mulher passe a andar, praticamente, nas pontas dos pés. Quanto maior a altura do salto, mas pressão será exercida nesta parte frontal dos pés. A maioria das mulheres busca compensar isto adotando uma postura desajeitada inclinando o quadril e a espinha para a frente. Isto cria pressão sobre a parte inferior das costas, panturrilhas e o sobre o próprio quadril. Com o tempo, essa pressão pode se tornar mais intensa causando cãimbras, dores e tornar muito difícil manter uma postura correta.

Pesquisas têm demonstrado uma associação entre a pressão sobre os pés e mudanças no sistema nervoso. Pressão em diferentes partes dos pés pode enviar impulsos nervosos que causam dores de cabeça, enxaquecas, tensão nervosa e até mesmo ansiedade. Mulheres que usam saltos altos por longos períodos de tempo – não importa o quão confortáveis sejam – arriscam-se a ter o nível de stress elevado e a tensões extras nas costas, joelhos e ombros.

Como manter as pernas saudáveis

Embora haja enormes riscos associados ao uso constante de saltos altos, há também algumas estratégias simples para manter a saúde das pernas e dos pés:

a) distenda as panturrilhas regularmente. Isto promove a circulação e auxilia as pernas a manterem a flexibilidade. Relaxar as panturrilhas toda a manhã e à noite pode, facilmente, se tornar parte de um exercício rotineiro, além de fortalecer e restabelecer a saúde das pernas;
b) compre palmilhas que proporcionem apoio a todo o pé. Elas proporcionam uma camada extra e macia entre os pés e os sapatos, o que muitas vezes ajusta os sapatos aos pés;
c) use sapatos com saltos altos de preferência somente ao entardecer ou à noite. Os pés de muitas mulheres incham durante o dia e isto acrescenta pressão extra aos pés;
d) ande a passos curtos. Passos mais curtos podem ajudar a manter o equilíbrio e minimizar o risco de danos aos pés. Apenas em ocasiões especiais ande a passos largos;
e) faça uma massagem nos pés a cada 3 horas. Simplesmente retire os sapatos e use alguma técnica básica de relaxamento para os pés para obter um alívio mais rápido;
f) mantenha uma alimentação light. Uma simples mudança na dieta pode prevenir má circulação sangüínea nos pés e pernas. Beba muita água, como frutas.